Marcos Vidal, Analista de Desenvolvimento de Sistemas
  • Analista de Desenvolvimento de Sistemas

Marcos Vidal

Foz do Iguaçu (PR)
4seguidores7seguindo
Entrar em contato

Comentários

(47)
Marcos Vidal, Analista de Desenvolvimento de Sistemas
Marcos Vidal
Comentário · há 3 meses
Boa tarde, excelente artigo, gostaria de compartilhar minha história de maneira resumida.

Em 2006 fui avalista de um amigo meu, pegou emprestado na época cerca de R$ 2.500,00 (dois mil reais), não pagou a divida e nunca fui informado que ele não tinha pago.
Ha 2 anos recebi uma intimação do Detran me dizendo que meu carro (Clio 1999 argentino) havia sido bloqueado judicialmente, fui atrás e descobri que era por conta de um processo que corria na justiça. (Processo 0015202-28.2008.8.16.0030 - (4092 dia (s) em tramitação))
Descobri então que arrolava este processo desde 2008, onde fora indicado um advogado para mim o qual tem OAB ativa mas nunca consegui entrar em contato com o mesmo, hoje estou desempregado e minha única negativa é esse processo, o qual o banco SICOOB tenta receber de mim um valor superior a R$ 220.000,00 (duzentos e vinte mil reais)
Em contato com o banco, falaram que nada poderiam fazer pois estava na justiça, não tenho como pagar advogado e o dono da divida tampouco tem condição de quitar a divida.
Ja pensei em pegar o meu carro e largar na frente da agencia para eles quitarem a divida da qual fui avalista (na época sem pesar as consequências, em consideração que o meu amigo havia me avalizado em um aluguel de uma casa)

Dica: NUNCA AVALIZE ALGUÉM.

Estou postando como desabafo, creio que não há solução para o meu caso. Meu único bem é esse carro e metade de uma casa a qual moro eu e minha família que fora financiada via Minha casa minha vida.

Obrigado;

Recomendações

(131)

Perfis que segue

(7)
Carregando

Seguidores

(4)
Carregando

Tópicos de interesse

(14)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Marcos

Carregando

Marcos Vidal

Entrar em contato